Como pedir emprego para o ex-chefe?

Os índices de desemprego continuam altíssimos e se recolocar no mercado de trabalho está cada vez mais difícil. Todos os esforços para conseguir uma vaga formal são válidos, e uma excelente iniciativa pode ser pedir um emprego ao ex-chefe.

Mas será que vale a pena? Como pedir um emprego ao ex-chefe? O que você deve falar e como deve se comportar? Preparamos esse conteúdo especialmente para você, que precisa se recolocar no mercado de trabalho. Saiba que as chances de conseguir seus objetivos são boas se você teve uma boa relação com seu ex-chefe e com a empresa.

Leia este conteúdo até o fim e saiba como pedir emprego para o ex-chefe. E boa sorte, porque disso todos nós precisamos também.

Vale a pena pedir emprego para o ex-chefe?

É claro que vale a pena pedir um emprego para o seu ex-chefe, e não tenha dúvidas disso. Na verdade, esta pode ser uma excelente iniciativa, afinal ele já conhece os seus atributos profissionais e, portanto, sabe muito bem o quanto você pode render. 

Quando uma empresa precisa de um funcionário, sabe exatamente o que deve esperar dele e quais serão suas atribuições profissionais. Toda empresa define que tipo de profissional espera contratar para preencher aquela determinada vaga. Se o seu ex-chefe conhece você, sabe como você atua profissionalmente e isso se encaixa na vaga disponível, as possibilidades dele contratá-lo são maiores do que em uma empresa onde ninguém o conhece, concorda?

Para não fazer mais parte das estatísticas de desemprego do país e voltar para o mercado de trabalho, todo esforço vale a pena. E, nesse caso, ao pedir emprego ao ex-chefe, não se deve alimentar sentimentos como vergonha, mágoa, ceticismo, descrença e, principalmente, orgulho.

Quando não vale a pena pedir emprego ao ex-chefe?

Mas é claro que há um bom motivo para não procurar o seu ex-chefe para pedir um emprego. Isso não deve ser feito quando você foi demitido por justa causa, por algum motivo que tenha manchado sua reputação profissional. 

Todos devem ter direito a uma segunda chance porque as pessoas mudam e evoluem. Mas se a sua saída da empresa aconteceu de uma forma ruim, com briga, até mesmo por justa causa, é bem possível que o seu ex-chefe não queira discutir com você a possibilidade de tê-lo de volta à empresa.

Você precisa avaliar o motivo pelo qual saiu da empresa. Se você quem pediu demissão, para buscar outras alternativas profissionais, não há problema algum em pedir um novo emprego. Se foi por conta de uma crise econômica, também não há porque não pedir uma nova chance. Tudo bem também se foi por conta de um pedido de aumento salarial que você não ganhou, isso faz parte do jogo.  Mas se você não fez bem o seu trabalho, precisa avaliar se valerá a pena pedir uma segunda chance.

Lembre-se que o “não” você já tem. Que tal correr atrás do “sim”?

Quais são os pontos que contam a seu favor? Explore-os

Há pontos positivos que contam muito a seu favor e devem ser amplamente explorados na hora de pedir um emprego para o seu ex-chefe. Portanto, você deve ressaltá-los, para que tenha ainda mais chances de alcançar o seu objetivo: se recolocar no mercado formal de trabalho.

São os seguintes os pontos que você deve explorar, caso sejam verdadeiros:

Você já conhece a empresa. Sabe como ela funciona, conhece suas regras e sabe muito bem o que ela espera de você. Isso contará muito a seu favor.

• Você já conhece as pessoas que ali trabalham, o que também conta a seu favor. Não só você já os conhece, como os demais profissionais te conhecem também.

Você sabe o que a empresa espera de você. Conhece as metas, os objetivos e toda a forma de trabalhar que ela adota no dia a dia. Não vai precisar de adaptação alguma, e isso é muito positivo porque você vai começar a produzir no mesmo dia que recomeçar o seu trabalho.

Como você deve pedir emprego ao seu ex-chefe? 

Se é para o seu ex-chefe que você está pedindo um emprego, já há uma grande vantagem nisso: você o conhece bem. Sabe como ele funciona, como ele se relaciona com os demais empregos, portanto saberá como lidar melhor com ele.

Dependendo do grau de intimidade que você estabeleceu com o seu ex-chefe quando trabalhava com ele, tudo ficará mais fácil. E é justamente porque você já o conhece que saberá como agir e como pedir um emprego ao seu ex-chefe.

Se ele é um sujeito ocupado, que se irrita com a perda de tempo, você será rápido e objetivo. Se é uma pessoa dada, que adora conversar, compreensível e aberto ao diálogo, sabe que poderá se estender um pouco mais. Enfim, como você o conhece, sabe como deve pedir um emprego ao seu ex-chefe. E como não pedir também!

Por e-mail

Se ele é daqueles profissionais ocupadíssimos, que não têm tempo para nada, o envio de um e-mail pode ser uma excelente opção para pedir um emprego para seu ex-chefe. A partir do e-mail, e dependendo da disponibilidade dele, uma reunião poderá ser marcada para que você fale sobre seus objetivos. Assim, um encontro só acontecerá se o ex-chefe quiser, e se ele topar meio caminho está percorrido.

O e-mail não deve ser muito formal, mas tampouco informal demais. Apresente-se, diga que você está buscando novas oportunidades no mercado, explique de forma resumida o que você fez profissionalmente desde que saiu da empresa e peça uma recolocação. Deixe claro que você está disponível desde já para começar no trabalho e que poderá se reunir com ele, se assim ele desejar.

Por WhatsApp

Somente se você tiver intimidade com o seu ex-chefe pode enviar uma mensagem pelo WhatsApp para pedir um emprego. Mas o faça tão somente se tiver a liberdade de abordá-lo pelo celular. E envie uma mensagem ainda mais curta que a do e-mail, combinado? Fale apenas que está procurando se recolocar no mercado e que gostaria de voltar a trabalhar na empresa, e se ele pode ajudá-lo.

Por telefone

O telefone pode ser utilizado para pedir emprego para o ex-chefe, mas somente se há alguma intimidade entre você e ele. Nesse caso, tenha o cuidado de ligar dentro do horário comercial, preservando o tempo do almoço. Assim que atender, tenha o cuidado de perguntar se ele tem dois minutos para uma conversa. Se ele se mostrar ocupado, marque um horário para ligar posteriormente.

Feito o contato, você fará o mesmo discurso: quer se recolocar, vai contar resumidamente as experiências que teve depois que deixou a firma, vai falar que sabe como é o serviço e que está pronto para iniciar suas atividades profissionais.

Em uma reunião

A reunião dependerá da própria disponibilidade do seu ex-chefe. Cabe a ele concordar com o encontro, e se isso acontecer – repetimos – meio caminho está andando. Mas se o seu grau de intimidade com o ex-chefe e com sua secretária é alto, ligue para ela e tente agendar uma reunião. Deixe claro para a secretária que será uma reunião breve, talvez uns 10 minutos.

Diga para a secretária ou diretamente para o ex-chefe o motivo do encontro. Caso não haja a menor possibilidade de contratação, ele dirá logo e ninguém perde seu precioso tempo. 

Como se comportar em um encontro para pedir ao seu ex-chefe um emprego?

Lembre-se de que você o conhece, e saberá como melhor se comportar. É muito importante saber ouvir, mas será necessário contar sobre suas experiências profissionais durante esse período que você saiu da empresa. Isso pode ser positivo e impressioná-lo.

Você até pode falar o quanto está difícil esse momento de desemprego, mas não será por compaixão que você conseguirá a vaga. O importante é destacar que você conhece a firma, sabe como o trabalho deve ser executado e que está muito animado com a possibilidade de voltar a trabalhar ali.

Conclusão

Vale à pena pedir emprego em uma empresa para a qual você já trabalhou? Claro que sim! Mas é preciso saber como pedir emprego para o ex-chefe. Você precisa ter consciência do motivo pelo qual saiu da firma e mostrar para o ex-chefe que isso é passado e foi apagado com borracha.

O importante é você mostrar o quão necessário poderá ser nessa nova etapa e se mostrar entusiasmado com essa possibilidade. Pode falar do seu crescimento profissional e como pessoa nesse período, e até mesmo demonstrar o sentimento positivo que tem pelas pessoas e pelo lugar.

Você já passou por este tipo de situação? Já pediu emprego ao ex-chefe? Conseguiu a vaga? Divida conosco suas histórias e experiências aqui no blog ou nos nossos perfis no Facebook e no Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *