fucnionario com raiva durante o trabalho

Como controlar a ansiedade no trabalho?

É do trabalho que tiramos o nosso sustento e nos realizamos profissionalmente, mas nem sempre as coisas acontecem como gostaríamos. As cobranças excessivas e os problemas cotidianos nos trazem muita ansiedade, e isso faz parte do exercício profissional de qualquer trabalhador. Mas como controlar a ansiedade no trabalho? 

Sim, é possível controlar a ansiedade no trabalho, ainda que seja impossível eliminar os problemas e os contratempos cotidianos. Com algumas dicas que vamos dar agora, acreditamos que você poderá trabalhar muito melhor, com menos ansiedade. Vamos conhecer estas dicas?

A ansiedade no trabalho

Por mais que a gente ame o que faz profissionalmente, por melhor que a gente seja remunerado e por mais legal que seja o ambiente da empresa onde trabalhamos, o trabalho também traz muita ansiedade e preocupação. Afinal, temos metas a cumprir, responsabilidades a zelar e a cobrança dos chefes muitas vezes é excessiva e estressante.

Um vendedor tem metas a bater, e quando isso não acontece a pressão é sempre enorme. Um pintor também tem que entregar uma determinada quantidade de metros quadrados pronta e muito bem pintada, enquanto um empregado doméstico tem várias tarefas que precisam ser cumpridas dentro de prazos, como arrumar a casa e deixar o almoço e o jantar prontos na hora certa. Quem não sofre com a ansiedade no trabalho? 

A verdade é que a ansiedade definitivamente faz parte da nossa atividade profissional. Por mais que a gente domine a nossa profissão, problemas e imprevistos acontecem, e muitas vezes é preciso enfrentá-los no dia a dia, o que pode causar estresse e ansiedade. Isso sem falar nas situações em que a gente simplesmente não concorda com o nosso chefe, mas tem que acatar a ordem, não é verdade?

É possível controlar a ansiedade no trabalho?

Mas será que é possível controlar a ansiedade no trabalho? A boa notícia é que sim, podemos controlar e até mesmo minimizar os momentos de estresse e ansiedade, desde que a gente tenha atitudes que permitam esse controle. O primeiro passo é reconhecer que essas situações de ansiedade no trabalho são muito comuns e que fazem parte da atividade profissional, e que é preciso saber lidar com isso.

Da mesma forma que precisamos dominar as técnicas da nossa atividade profissional (como saber vender, instalar um cano ou limpar corretamente um sofá sem danificá-lo), devemos saber lidar com as pressões, o estresse e a ansiedade no trabalho. Isso faz parte do nosso cotidiano, portanto seremos mais felizes se soubermos como agir.

Mas como controlar a ansiedade no trabalho? A resposta é simples: tendo atitude. Bem, a resposta é simples, mas ter atitude requer um pouquinho mais de trabalho e esforço, e vamos lhe ajudar, mostrando o caminho das pedras para que você seja menos ansioso no seu trabalho. Na verdade, situações de estresse sempre irão acontecer porque isso faz parte do negócio, a questão é saber como evitá-las ao máximo e como se comportar quando a ansiedade chega.

A 1ª atitude: dialogue mais

Um dos principais motivos que geram problemas no trabalho – não tenha dúvidas – é a falta de diálogo. O diálogo é fundamental para que não haja dúvidas sobre o trabalho a realizar, como fazê-lo e o que o patrão ou o cliente espera da gente.

Poderíamos listar infinitos exemplos de problemas que acontecem por falta de diálogo, gerando muita ansiedade. Se uma cozinheira vai preparar um jantar para a família e seus convidados, terá muito mais chances de acertar se discutir previamente o cardápio com a patroa. É claro que ela pode ter iniciativas, propor uma sobremesa ou um molho diferente, mas se fizer exatamente o que a patroa espera (ou mais), não terá problemas nem cobranças indevidas. Um vendedor que é convocado para arrumar uma seção da loja também poderá executar seu serviço mais tranquilamente se souber exatamente o que seu gerente quer. 

A primeira dica para controlar a ansiedade no trabalho é dialogar mais. Pergunte para o seu chefe ou cliente exatamente o que ele quer, converse sobre como alcançar aquele objetivo e evite cobranças desnecessárias. Talvez não seja possível cumprir com uma determinada tarefa por falta de tempo, e se isso for explicitado você certamente ficará menos ansioso. Um empregado doméstico não pode cuidar de uma criança, arrumar a casa e preparar o almoço tudo ao mesmo tempo, na parte da manhã. Se deixar isso claro para a patroa, terá menos ansiedade, com certeza.

Dialogue. Troque ideias. Fale com seu patrão ou cliente sobre sua solicitação, para que fique muito claro o que deve ser feito, como e em quanto tempo. Se há algo que precisa ser dito, não hesite em fazê-lo. Se coloque sempre, respeitosa e claramente.

Saiba gerenciar o seu tempo 

Gerenciar o tempo não é das tarefas mais simples, mas quando conseguimos fazê-lo eliminamos boa parte da ansiedade no trabalho. Se você trabalha das 8h às 17h, sabe que tem aquele período para executar todas as tarefas solicitadas para aquele dia. O segredo é saber usar o tempo a seu favor, eliminando a ansiedade.

Aprenda a priorizar o que de fato é mais importante. E pense nas atividades que tem pela frente e em que ordem deve executá-las. Se o almoço deve ser servido as 12h30 e você sabe que precisa de 40 minutos para prepará-lo, não vai começar a cozinhar as 12h, certo? Se você precisa entregar a pintura de um banheiro até o final do dia de hoje, não vai perder tempo passando massa na parede da sala. 

Definir prioridades e se preparar para as atividades do dia, ordenando-as de uma forma inteligente, vão ajudar muito na organização e gerenciamento do seu tempo. E, assim, terá menos ansiedade no trabalho, não tenha dúvidas disso.

Faça pausas nas horas certas e necessárias

Saber a hora de dar uma paradinha nas atividades profissionais também é fundamental para um dia de trabalho mais feliz e com menos ansiedade. Se você não está conseguindo realizar uma atividade em um determinado momento do seu dia de trabalho, dê uma paradinha de cinco minutos. Respire fundo, tome um copo de água, relaxe um pouquinho. 

Às vezes, não conseguimos acertar alguma tarefa por pura ansiedade e cansaço. Saiba reconhecer a hora de dar uma pausa momentânea, até mesmo para que seu dia continue produtivo dali por diante. Uma pausa para um cafezinho pode te fazer muito bem e é importante durante um dia inteiro de trabalho.

Saiba pedir ajuda quando precisar

Não sabe como fazer aquela tarefa? Não tem problema! Não é vergonha alguma perguntar a alguém como executá-la. Muitas vezes, sentimos muita ansiedade quando precisamos cumprir com uma tarefa, mas não sabemos exatamente como fazê-lo. Se tivermos o cuidado de perguntar exatamente o que é para fazer e como, tirando todas as dúvidas, a tarefa ficará muito mais fácil de ser realizada.

Saiba pedir ajuda quando precisar. O que importa é que você execute sua tarefa profissional a contento, e se for preciso tirar dúvidas sobre ela, sem problema algum. Vergonha é fazer mal feito, não é mesmo?

É preciso se colocar profissionalmente

Você é um profissional e sabe muito bem como executar suas tarefas. Sabe exatamente o que deve fazer para cumprir com suas obrigações profissionais. Se o seu cliente ou patrão pede algo de uma forma incorreta, é muito importante você se colocar profissionalmente e explicar como aquela tarefa precisa ser realizada. Afinal, você é pago para isso.

Digamos que você seja um pintor e tenha a tarefa de pintar a casa de um cliente. Todo profissional sabe a importância de se passar um selador na parede antes de aplicar a massa. Se o cliente não comprou o produto para economizar, é muito importante que você avise-o dos problemas que podem acontecer por conta dessa decisão. Assim, você está exercendo sua autoridade profissional e deixando claro que problemas de umidade podem surgir naquelas paredes.

Não se colocar profissionalmente pode gerar situações de muita ansiedade. Essa atitude tem a ver com o primeiro passo que falamos antes, sobre a necessidade de dialogar. Nesse caso específico, você estará orientando e prevenindo seu chefe ou cliente de algum possível problema por conta da forma como ele quer que a tarefa seja executada. Isso é ser profissional.

Não se desespere. Sempre há um retorno lá na frente

Por mais que ainda precise percorrer um longo caminho, toda estrada tem um retorno lá na frente. Essa é uma ideia que você precisa ter em mente, o que ajudará a afastar a ansiedade do seu dia a dia profissional. Erros e imprevistos acontecem, porque não somos infalíveis. Isso faz parte da vida. Mas há sempre como consertar esses erros.

Como se diz por aí, só não há conserto para a morte, e por mais mórbido que esse ditado possa parecer, a verdade é que a gente sempre terá a chance de propor algum jeito para reparar um erro cotidiano. A gente erra sim, mas é nossa obrigação profissional pensar em como corrigir aquele erro. E assumi-lo.

Alguns hábitos precisam ser mudados

Não tenha dúvidas de que para estar bem no trabalho, é preciso estar bem física e emocionalmente. Alimente-se bem, tenha boas noites de sono, pratique atividade física e divirta-se, para que você esteja bem no seu dia a dia profissional. Dormir pouco, ser sedentário e se alimentar mal faz muito mal à sua saúde, e isso afetará seu desempenho no trabalho. Consequentemente, terá mais ansiedade no seu dia a dia. Adote hábitos saudáveis em sua vida, e isso fará toda a diferença. Inclusive, afasta a possibilidade da depressão, tão comum por conta da ansiedade no trabalho.

Conclusão

Tomando alguns cuidados e estando atento, você poderá controlar a ansiedade no trabalho. Não é simples, é verdade, mas é plenamente possível. Todos queremos viver melhor e felizes, mas é preciso buscar isso. É normal sentir raiva no trabalho, mas nem por isso você vai sair chutando tudo o que tem pela frente. Conte para a gente se você se sente muito ansioso no trabalho, se gostou das dicas e o que faz para relaxar. Fale sobre sua experiência aqui no blog ou em nossas redes sociais, no Facebook ou no Instagram. Vamos trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *