Empréstimo pessoal: tudo que você precisa saber!

Neste post você encontrará as principais informações sobre esta modalidade de empréstimo, incluindo o empréstimo especializado para doméstica.

Finalidade do empréstimo pessoal

Destinado para a pessoa física, o empréstimo pessoal é mais uma das soluções de crédito oferecidas por bancos e instituições financeiras para quem precisa de um dinheiro extra com rapidez e facilidade, seja para quitar dívidas, fazer compras ou investir em algo próprio, por exemplo.

Características do empréstimo pessoal

  • O contratante deve ter entre 18 e 65 anos e residir no Brasil
  • Sujeito à análise de crédito
  • Não há necessidade de deixar algum bem como garantia ou em alienação
  • O Custo Efetivo Total (CET) e as taxas de juros variam de uma instituição financeira para outra
  • Nem todos os bancos ou instituições financeiras concedem esta modalidade de crédito para negativados
  • As parcelas são pagas diretamente pelo contratante através do débito automático, boleto bancário ou cheque pré-datado (crédito não-consignado)
  • O cliente escolhe a data de vencimento das parcelas
  • Geralmente aprovado em 24 horas

Empréstimo pessoal: banco ou financeira? 

Chegamos à principal questão deste artigo!

Em termos de confiança, tanto faz contratar um empréstimo pessoal em um banco ou em uma financeira, porque ambos são instituições reguladas e fiscalizadas pelo Banco Central.

Portanto, o que você deve considerar na hora de decidir é seu histórico financeiro e a política da empresa. Ela será ideal para pegar um empréstimo se oferecer as melhores condições.

Por isso, pesquise e faça simulações para comparar diferentes soluções de crédito e condições oferecidas.

Quando for procurar uma empresa, verifique as taxas de juros, o CET, as regras e os documentos exigidos para a contração. 

Além disso, informe-se sobre que tipo de consumidor ela costuma atender para descobrir se é especializada ou não no seu perfil.E saiba que apesar das tendências, você pode achar taxas e condições melhores fora de um banco!

O que é empréstimo pessoal para assalariado?

empréstimo pessoal para assalariado é um tipo de crédito ofertado pelas instituições financeiras à pessoas físicas que têm um emprego fixo.

Em outras palavras, é uma operação na qual um banco empresta dinheiro para o trabalhador mediante à juros e outras taxas que são embutidas nas parcelas.

Muitas vezes, é através de uma operação como essa que você pode conquistar o crédito que precisa para reorganizar as despesas, tirar suas ideias do papel e realizar seus maiores sonhos.

Mas e se mesmo com um empregado fixo eu estiver negativado, posso conseguir um empréstimo pessoal? Clique aqui e saiba como conseguir empréstimo para assalariado negativado!

O que é Custo Efetivo Total (CET)?

O Custo Efetivo Total corresponde ao custo total da operação: juros, taxas, tributação, encargos e seguro e vem descrito em contrato como um percentual (%) anual. Ou seja, pode ser entendido como o valor que o banco cobra para prestar tal serviço.

Por isso, é muito importante que o tomador do empréstimo tenha conhecimento não somente dos juros das parcelas, mas do montante da operação que inclui o CET. Afinal, taxas de juros menores não significa que o empréstimo será mais barato, é preciso levar em consideração tais custos embutidos na operação.

Então, se você estiver pensando em contratar um empréstimo pessoal, vale a dica: faça pesquisas em variados bancos ou instituições financeiras utilizando sempre o mesmo valor e prazo e atente-se ao CET, pois cada instituição tem sua política e os custos podem variar de uma para a outra. Dessa forma, você conseguirá comparar e escolher o que caberá melhor em seu bolso!

Taxas de juros do empréstimo pessoal

Uma das características do empréstimo pessoal é a facilidade na liberação do recurso, na maioria dos casos. Para compensar essa facilidade e rapidez, os bancos e instituições financeiras impõem taxas elevadas, justamente por não terem a garantia de que serão pagos.

As taxas de juros podem variar bastante de banco para banco. Veja no exemplo quanto você pagaria ao mês se solicitasse um empréstimo de R$1.000,00 divido em 12 parcelas, comparando a melhor a pior taxa:

3,30% – R$ 1.227,24

9,00% – R$ 1.675,80

Neste caso, pesquisar a menor taxa trouxe uma economia de R$448,50 em sua parcela.

No site do BACEN (Banco Central do Brasil), você encontra as taxas de diversas modalidades de empréstimos, em todos os bancos.

Leia também: Empréstimo pessoal no boleto ou carnê: o que você precisa saber

Empréstimo pessoal para negativados

Quem tem dívida no CPF é denominado negativado ou com o“nome sujo”e está sob algumas restrições importantes: matricular-se em instituições de ensino privadas, abrir conta corrente e, entre outras, solicitar empréstimos.

A maioria das instituições financeiras negam crédito para este público pelo alto risco de inadimplência. Em contrapartida, algumas empresas são especializadas em atender clientes com este perfil, porém com juros elevados, podendo superar até mesmo o valor cobrado no cartão de crédito ou no cheque especial.

Portanto, se há o risco de inadimplência os juros serão elevados, o que nos faz concluir que o empréstimo pessoal para negativados pode não ser a solução ideal.

Faça um levantamento detalhado de suas dívidas e tente renegociá-las diretamente com as empresas, para não tornar o empréstimo apenas mais um peso em suas dívidas.

Crédito consignado pode ser uma alternativa

Mas, se ainda assim, você considera que solicitar recursos em instituições financeiras seja a solução para quitar suas dívidas, o crédito consignado pode ser uma boa opção para negativados. Clique aquie leia mais sobre o crédito consignado.

Empréstimo pessoal para quem tem score baixo

Definido pelas empresas Serasa Experian ou Boa Vista SCPC, o score é a pontuação que qualifica os consumidores entre bons e maus pagadores. Em outras palavras, significa a reputação financeira de cada pessoa.

Em uma escala de 0 a 1000, quanto maior sua pontuação, mais bem qualificado você será pelos bancos. A escala de risco de inadimplência é definida da seguinte forma:

de 0 a 299 – risco alto

de 300 a 699 – risco médio

Acima de 700 – risco baixo

É importante que os consumidores estejam atentos quanto ao controle de pagamento de suas contas, pois as variáveis para medir o score são: contas pagas em dia, dados referentes a dívidas negativadas e relacionamento financeiro com empresas.

Muito utilizado por bancos e instituições financeiras, o score crédito é um recurso que avalia a concessão de crédito e minimiza o risco das ofertas, tendo em vista a capacidade do consumidor em sustentar a dívida.

Quanto mais baixo for o seu score mais difícil será a contratação de crédito no mercado, porém, com uma pesquisa na internet você encontra um leque de opções de financeiras que liberam empréstimos, assim como cartões de crédito para pessoas com baixas pontuações.

Leia mais em: Score baixo? Saiba como conseguir um empréstimo pessoal

Quais as diferenças entre o cheque especial e o empréstimo pessoal?

São duas modalidades de financiamento bem diferentes. Em primeiro lugar, o cheque especial é um limite pré-aprovado pelo banco. O cliente nem precisa solicitar ao gerente o dinheiro, caso precise utilizá-lo para uma emergência. Ele pega o valor, usa e paga de acordo com as condições determinadas pelo banco. 

O limite do cheque especial é válido enquanto o cliente for cliente do banco e tiver o produto contratado. 

No empréstimo pessoal, no entanto, o cliente será avaliado e só depois disso o empréstimo será concedido ou não. O cliente precisa solicitar o empréstimo, e isso não é o bastante para consegui-lo.

Mas a grande diferença mesmo está nas taxas de juros cobradas pelos bancos, no cheque especial, e pelas instituições financeiras, nos empréstimos pessoais. 

]Como as instituições financeiras fazem uma rigorosa análise do cliente e têm operações muito mais enxutas, podem cobrar juros mais baixos, o que é uma enorme vantagem para quem toma o empréstimo pessoal. 

Já os bancos cobram uma das mais altas taxas de juros do mercado para quem usa o cheque especial. 

De fato, é mais fácil ter acesso ao dinheiro do cheque especial, mas cobra-se muito mais caro por isso. 

Recentemente, o Conselho Monetário Nacional (CMN) limitou os juros do cheque especial a 8% ao mês, totalizando 151,8% do ano, mas ainda assim se trata de um valor muito acima do cobrado pelas instituições financeiras diante de um empréstimo pessoal.

E mais:

• No cheque especial não há uma data determinada de pagamento. Os juros aumentam conforme o cheque especial é utilizado.

• No empréstimo pessoal, há data certa para pagamento, parcelas fixas e juros definidos no ato da contratação.

Como comparar o melhor empréstimo pessoal?

A seguir, veja quais fatores é preciso observar e comparar para fazer uma boa negociação, conseguir o valor desejado e garantir tranquilidade para quitar as parcelas.

Taxa de juros

Não é novidade que o valor da taxa de juros é um dos pontos que merece mais atenção na hora de procurar crédito. Por0ém, no caso do empréstimo pessoal, que tem a liberação mais rápida e fácil, os bancos costumam aplicar taxas maiores para aumentar a sua segurança. Por isso, é preciso pesquisar ainda mais.

Os juros variam de acordo com o valor solicitado, o período de pagamento e a instituição financeira que o oferta. No site do Banco Central do Brasil (BACEN) é possível consultar as taxas de todos os bancos para diferentes modalidades de empréstimo.

Custo Efetivo Total (CET)

Conforme já descrito neste artigo, o Custo Efetivo Total (CET) é o valor do custo de todas as operações para a concessão do crédito e um dos fatores mais importantes a se considerar antes de contratar um empréstimo pessoal.

 Ele compreende, além da quantia emprestada, tributos, encargos, taxas e despesas com seguros, por exemplo.

Ou seja, não basta saber o valor a ser pago em cada parcela, mas também os custos que vêm embutidos na transação. 

Pagamento

No empréstimo pessoal, o cliente escolhe a data de vencimento das parcelas, que são pagas por débito automático, cheque pré-datado, boleto bancário ou carnê. O valor do crédito concedido e dos juros das parcelas, como você já sabe, vão depender da instituição financeira e das necessidades do tomador. E comparar as opções de pagamento é fundamental para garantir que você poderá quitar todas as parcelas com tranquilidade.

Prazo

Sobre o prazo, é importante pesar todos os fatores na balança para encontrar a opção mais vantajosa. Por exemplo, um empréstimo com um prazo de pagamento maior pode sair mais vantajoso, mesmo que a taxa de juros seja um pouco mais elevada. Isso porque um valor menor será pago a cada mês, então uma parte menor da sua renda mensal será comprometida.

Empréstimo especializado para empregados domésticos

Se você é empregado doméstico, trabalha registrado e chegou aqui porque está procurando por informações sobre empréstimo, está no lugar certo!

As análises de crédito de bancos e instituições financeiras, em sua grande maioria, barram a aprovação de empréstimos para esta categoria de trabalhadores.

Falta de comprovação de renda (devido a uma grande parcela trabalhar de forma autônoma) e não possuir movimentação bancária por meio de uma conta corrente, são os fatores principais.

Para ajudar o empregado doméstico a ter acesso ao empréstimo, a fintech Simplypag, vai na contramão dos demais bancos ao olhar com mais carinho para este público.

Faça uma simulação em nosso site para conhecer os valores e parcelas que melhor caberão no seu bolso!

Bônus: faça pesquisas e planeje seus gastos!

Conforme falamos neste post, é importante fazer pesquisas em variados bancos e instituições financeiras para levar em consideração os custos totais da operação, que vão muito além do simples valor que pretende solicitar.

O empréstimo pessoal é uma das opções que pode sim te ajudar a quitar dívidas e voltar a ter uma boa saúde financeira.

Mas lembre-se: tomar a decisão de contratar um empréstimo pessoal requer responsabilidade e organização. Fazer um planejamento prévio de seus gastos e organizar o seu orçamento para suportar as parcelas de um empréstimo é muito importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *